Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

No Fundo da Garrafa

No Fundo da Garrafa

29
Fev20

The light in wich I see/Tears melt me to the bone

Gitano73

Quando estás deprimido, todos te rejeitam porque todos gostam de vencedores.
É quando chegamos ao fundo da depressão, aquele lugar onde o suicídio parece doce
e o esquecer parece uma suave atrofia alcoólica que entendemos que estamos perdoados e que nada destas coisas que nos levam ao fundo realmente importam. Elas são imagens de imagens que a nossa mente projecta no melhor pano de fundo- Nós mesmos.
No fundo das minhas garrafas eu encontrei tanto desespero, tanto sofrimento,
impotência, fúria, frustração, medo, rejeição e inadequação.
Hoje sou capaz de olhar o fundo e sorrir, achar a inedequação algo especial
Ver a rejeição de outra maneira, o medo como ele tenta manipular-me
A frustração vejo como uma oportunidade de tentar novamente
A furia uma pausa para contar até mais de dez (onze ou doze no máximo)
e a impotência como uma voz muda que ninguém quer ouvir, mas é minha.
O sofrimento e desespero são tons pastel de uma tela que eu já não quero colorir
Penso em mim, em Deus, no mundo e em ti, sejas quem fores.
Penso em entender o perdão ou a graça
Até finjo entender o que isso é de uma forma lógica
e sonho em sentir isso de uma forma inteira e una.
Quem é que eu escolho ser?
Mais um que pratica uma vez por semana a bondade e perdão
ou alguém que treina todos os dias para se perdoar a si mesmo e estender isso mesmo ao seu irmão.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub