Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Fundo da Garrafa

No Fundo da Garrafa

23
Jun04

Limites

Gitano73
Foi uma daquelas noites que não queremos recordar nem podemos esquecer. As palavras e acusações gratuitas bailavam soltas entre nós. Disseram-se coisas que não se podiam dizer. Ouviram-se outras tantas que nasceram para ser silêncios. A distância que me separava do já outrora experienciado fazer de malas era tão ténue como um fio de cabelo. Na balança das decisões em que os pensamentos corriam a 200 à hora, pendia ora para a despedida ora para o perdão.
Tinham sido tres anos felizes, algumas alegrias e poucas tristezas. Uma vida de cumplicidade e muito amor. Arrancada a ferros de outra vida minha... mais antiga...em que a solidão e a inexistência de diálogos, eram constantes.
A possibilidade de ver o meu segundo sonho por terra aproximava-se agora de uma realidade vertiginosa. Lá ia a casa, a mulher e a suposta segurança que havia criado.
Quem me conhece sabe que sou homem de decisões. Tomo-as e assumo consequências sem pensar duas vezes. E ali estava eu, tentado a não ser magoado nunca mais por palavras que mais pareciam navalhas gastas e ferrugentas de pouco uso. O chamamento dos sacos era mais forte que nunca. A passagem para uma rápida resolução.. e prática tb.
Por que razão hei-de carregar o peso dos outros e as culpas do mundo? Nunca percebi.. talvez seja o meu pecado. Querer ser culpado de tudo.
Depois... estiquei a mão para quem tudo entende e aceita... a minha familiar garrafa e a sua sempre insegura meta.. o fundo...
Os meus limites foram testados ao máximo e o meu orgulho lutava com o amor que rápidamente se fazia esquecer...
Entrou a noite fria do poema que deixei para trás....
E de manhã...
De manhã junto com as desculpas pedidas e as lágrimas que outra vez soube serem salgadas...lembrei-me de Sanz... en el amor no vale ser valiente...

"Me hace tan feliz que vuelvas;
nunca quise que te fueras.
De que vale tanto orgullo,
tanta estúpida pelea
y perder en un segundo,
lo que has buscado una vida entera.

Y es que ya no me acordaba,.. corazón
que me gusta tu mirada....tanto amor,
que sigue habiendo algo fuerte entre nosotros dos
y, ahora que te tengo en frente, nada es diferente.

Se me olvidó...
que no he dejado nunca de quererte.
Se me olvidó
que en el amor no vale ser valiente!"

(trecho de letra Alejandro Sanz "Se me olvidó")




Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D