Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Fundo da Garrafa

No Fundo da Garrafa

28
Dez04

Calei

Gitano73
PriceOfMemory.jpg


Senti que me olhavas com as luzes apagadas. Estávamos sentados na cama e eu fumava. Continuas a perguntar-me se já não te amo. E dos meus lábios nada saia.. torrentes de memórias me assombravam a velocidades vertiginosas. Pequenas réstias de um passado a dois. Filmes sobre nós em que sou sempre o actor secundário. O que te olha.
Mas a pergunta e o silêncio da resposta que ambos aguardamos ainda se mantêm teimosamente a pairar sobre nós. Não sei que te responda. Porque na realidade não sei se te amo.
Não chores. Não tem de ser assim. Reinventa-te. Faz-me voltar a acreditar em ti.
Não sorrias. Não acredito que sejas capaz. As cicatrizes que ostento de brigas entre nós nunca fecham. Não sei se voltarei a acreditar em ti.
Quero-te de volta. Mas não como és...quero-te como eras. Virgem de mim.
Quero-te sem o toque de intensidade que te apresentei. Quero-te confusa a lutar por compreender-me.. não te quero a encolher os ombros.. sem sequer tentar. Rotulaste-me de intenso e louco. Rendeste-te à insanidade romântica. Sentiste o seu peso e caiste. Desististe de tentar entender... é intenso e basta-te.. fica bem.. é quase cosmopolitano.
Lembras-te que me garantiste que irias fazer com que os meus fantasmas se fossem?
Mas apenas te limitaste a mostrar-me às tuas amigas. Passeaste-me num círculo demasiado cómico para ser dantesco. Ficaste triste por eu te ter roubado as atenções... sou demasiado igual a mim mesmo... sentiste ciumes por passares para segundo plano nesse tal círculo a que eu por graça chamo demoníaco, tais não são as vedetas.
A pergunta ainda me espera. E tu também
Apetece-me abracar-te e proteger-te do mundo.
Não sei se te amo. Mas para já ficamos assim. Juntos.
Não acendas as luzes.
shhhhhhhhh.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D