Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

The old Indian farewell

O velho guerreiro adormeceu, inebriado de um passado saudoso

e confuso pela saudade da doce calma da planície.

-"Tenho medo…"

-"Não tenhas… vou levar-te ao colo e fazer-te recordar um amor que há muito que não sabes o que é"

-"Mas ainda assim tenho medo…"

-"Não tenhas, sou o teu pai, já me chamaste Deus e já me culpaste de algumas coisas. Já me agradeceste por muitas e já me rezaste por outras tantas. Agora, ao meu colo, o medo já não faz parte de ti. Vamos. Temos uma eternidade para nos ocuparmos da felicidade. Chega de sofrimento."

E o velho guerreiro de constituição forte e olhar sereno e bondoso, foi levado a ver a unicidade de tudo e ainda teve tempo de soltar uma pequena lágrima por aqueles que cá deixava e pensou para si mesmo:

"Se eles ao menos soubessem o que sei agora… seriam bem mais pacíficos, como o sobreiro que cresce em direcção da luz e é maleável com os tempos."

Naquele colo sagrado, mais uma vez, o velho guerreiro adormeceu. Mas já sem medo, já sem dor. Um sorriso nascia daquela face e os seus olhos azuis, húmidos de felicidade, sonhavam antecipando todas as novidades que iria presenciar uma vez na casa de seu pai.

 

 Let us Rest In Peace knowing you're way better now.

 

http://www.youtube.com/watch?v=nIerHidEU4Q

publicado por Gitano73 às 21:07
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

Sailing

Someone told me to sail away

in my new life

I just keep surfing on the outside.

Seldom coming ashore.

Truth is .. I'm afraid of what I may see.

Aren't we all afraid to see ourselves in the mirror of life?

Of course we are. We are always pink and bluer that we think of ourselves.

I want to be a void and my ego prays for me to be a constant.

I want to be a variable but the same ego cries for a sure ground.

when will I be detached of time?

when will I be able to know myself?

This "myself" is not different from "yourself"

After all the duality of the world undresses.

We are the same.

Utterly the same.

You and I.

Just have a little faith… just for a little more time.

I promise you, you will find joy.

 

http://www.youtube.com/watch?v=zY2kCJYL1vQ&feature=related

publicado por Gitano73 às 21:58
link do post | comentar | favorito

Senseless words.

I want to chase butterflies like if they were illusions

and I want to dream the realities of anything that shows

I want to see you as new, as if you were the blossom

that my heart creates day after day.

So.. throw away your lipstick.. far far away

So I can not taste it and keep myself from dreaming of your smell

as you lay sleeping beside me.

If you can't understand it...

I'll just smile, or maybe laugh a little. At least for myself.

so that does it.

My scotch knows by heart…what to say on monday

What does your clear and holy water says?

What does your life's truths tell you besides having a good laugh?

All the witchcrafts born of your soul - 

Shall not live.

I'll endear only  the purest of the thoughts.

I'l wash away the guilty and fearest ones.

I've came from the other side of the sea,

not to be a novelty but to be a rebirthing experience.

Life does not wait for the lessons to be learned.

It just keeps going like a slowly moving train

I'm sorry, it is not your blue dream.

You will adapt. As everyone does.

Everyday I resurrect from the creature I was the day before.

The path is new for me. 

Untouched.

And… either way.. tomorrow is always so far… so far away…

Why not start today?

Looking in the night…. for those not forgotten

For ghosts and illusions.

Let them all stand still and let yourself live.

publicado por Gitano73 às 21:45
link do post | comentar | favorito
Sábado, 11 de Fevereiro de 2012

Somehow I'll find my way home

Depois de todos os tombos,

Os dissabores e as melancolias vividas

Tu e eu, eu e tu

Nós, ou mesmo "isto"

Esta "força" que nos une.

Fez com que o universo conspirasse a nosso favor.

Unimo-nos em sinfonias maiores que nós e cantamos

mantras de júbilos desconhecidos.

Na aparente monotonia diária,

interrompem-se visões de absoluta divinidade.

Em que Jesus repousa no teu olhar,

Krishna sorri e Buda medita.

E eu, deixado ao mais derradeiro pó de mortal,

pergunto,

"O que fiz de ti?"

e tu respondes, com singela naturalidade,

"Fizeste o amor acontecer, aquele que cantam todos os profetas"

-"Então", digo eu, "vamos voltar como um"

Tu sorris e falta-te a fé.

Eu contraponho com o facto de o meu amor não ser importante nessa altura,

pois irás ser una com o mundo

Tu sorris e tens saudades do que ainda não aconteceu.

Eu encolho os ombros e limito-me a amar-te,

e oiço a musica outra vez.

 

publicado por Gitano73 às 23:31
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Too close to heaven

. I've got spaces...

. ...

. I love all my sad songs

. Apetece-me....para 2017

. Past....future.....

. O Principezinho

. ...

. This is how you remind me...

. Back where I belong!

.arquivos

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds