Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012

O peregrino da vida.

 

 

Depois de nascer, em pouco tempo comecei a escrever na folha branca da minha vida através das escolhas imensas que fiz.

Sempre gostei mais de sugus do que de nabos.

E sempre gostei mais de brincar do que estudar.

A vida começa a acontecer mesmo antes de eu saber o que era.

E as minhas camisas roçadas no colarinho e punhos dizem-me

que estou cansado e usado.

Eu olho para o caminho que percorri e penso…

e penso e penso ainda mais 

chego a poucas conclusões.

Vejo e revejo o que aprendi e o que apreendi.

No fundo não é muito.

Denoto que sou um viajante que transporta esta pessoa estranha

sonhadora e fogosa.

Deus está ocupado para mim e eu para ele.

E os detalhes que ficam entre o 

"Era uma vez" e o "e foram felizes para sempre…"

falham-me e visitam-me.

O passado e presente confundem-se como imagens turvas.

E eu não sei….eu duvido de todas as minhas crenças..

do que é certo e errado…

De joelhos vou pedir orientação a todos os deuses da legislação corrente.

até me aceitar como um

Eu duvido de mim, logo, duvido de ti.

Amas-me até aparecer uma nova moda?

Ou amas-me pelo amor em si e por sentir que conseguimos vergar a errada lógica do ego?

publicado por Gitano73 às 20:58
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2012

The Riddle

The Riddle

 

I'm stain and prodigal

So easy to go by and so hard to deepen.

As soft as a lotus and as hard as an oak tree.

I'm as unique as a work of art

and as casual as your next bus

I can be tender and I can be thunder

I can be light and I can be darkness

I am stupid and a genious

I am able to smile and to cry

I am one in a crowd 

and I am your starred actor in a play

I can hide and I can seek

I can find and be found

I can love and I can hate.

 

WHO AM I?

 

Answer: I am you and I am your brother.

publicado por Gitano73 às 21:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012

Episódios I

A manhã era fria em São Pedro

A chuva caía sonolenta nas pedras da calçada,

tornando-a luminosa e escorregadia.

O nosso herói espera por um comboio que virá, caso as greves assim o permitam.

Com os auriculares a cantarem Counting Crows ele espera e olha em redor

Todos os rostos são desinteressantes e fascinantes ao mesmo tempo.

Todos eles transportam centenas de volumes de histórias de vida.

Ele sorri com esse pensamento estancado.

O comboio avisa a chegada com um audível apito. 

Ao passar por ele, faz vento e fica mais frio ainda.

Lá dentro, mais abrigado, o ambiente torna-se mais seco e menos pessoal.

Todo e qualquer passageiro que receba uma companhia de viagem a seu lado, torce o nariz e acomoda-se ao seu canto.

Ele sorri e pensa que a pessoa a seu lado não é assim tão diferente dele mesmo.

Ele anda a brincar com uma frase que dará início ao seu livro.

Mentalmente tenta montá-la por ordem de palavras.

Sabe que é algo que tem a ver com um puzzle de sentimentos. Um breu que aos poucos ganha luz depois de inúmeras aventuras.

Volta a sorrir e a perder-se nos seus pensamentos.

E lá longe, num eco distante, ainda consegue ouvir "Devias escrever um livro…" mesmo antes de jogar uma paciência no telemóvel….

Cedo os projectos que desenhara na plataforma do comboio se perderam.

Todos os dias lhe acontece o mesmo.

A infantil fuga ao encontro de tudo o que quer dizer.

Mas ele sorri.

Ele sabe que tudo ficará bem.

publicado por Gitano73 às 20:41
link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Janeiro de 2012

The God of Second Chances.

The God of Second Chances.

 

So..Jah, remember me when I'll be on my knee

on the day I stand before thee

Without an excuse for all those sins I bring in my naked pocket.

It's Jah who designs the walk 

the one who makes the writtings on the wall of the path.

I touched all those lives without a second thought

Sometimes for growth and sometimes for sin.

I still believe in second chances.

Give me one of those and I'll toast to it.

I probably will spoil it like I always do.

But you already know that and still love me.

"One Jah, one creator, one father!"

I'll clap my tiny hands for joy.

On my guilty courtyard I'll pronounce myself as innocent

as life itself

and as guilty as I want to be.

I'm an army of every wrong or right thing you let me do.

I'm a legion of nothing at all.

Yet,  I keep moving with nowhere to be found.

"And the holy spirit moves just like a monkey"

The aims are lost and the alelujahs are the signs to follow

When everything is a waste of time

I must remember not to forget that

Aleluia is the highest praise.

One, two, three, four, five, six, seven I'm on my way to heaven.

 

"Life is fragile, handle with prayer" - President Harold B. Lee.

 

http://www.youtube.com/watch?v=xDmibnRyhj4

publicado por Gitano73 às 22:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Too close to heaven

. I've got spaces...

. ...

. I love all my sad songs

. Apetece-me....para 2017

. Past....future.....

. O Principezinho

. ...

. This is how you remind me...

. Back where I belong!

.arquivos

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds