Quarta-feira, 29 de Junho de 2011

Um olhar perdido num comboio que partiu a horas

Fiquei sozinho só com o meu olhar distante

sobre um sonho que ninguém mais viu

era só meu, onde eu levitava sobre o que via

O longe já não existia mais.

O perto era uma ilusão.

O tempo parou, avançou e foi-se

Derrubado por uma lógica que desconhece

e eu,….

continuava a sonhar, com outro lugar e outro tempo 

feito à minha maneira e sem negociações de relógios habituados à pressão dos ponteiros

são momentos que acontecem a mim e aos que me rodeiam

não me entendem na justa medida que não os entendo

cada um tem os seus.

Fantasias…sonhos…objectivos

tudo feito da mesma massa impalpável

Eu não sei os teus.

Tu não conheces os meus.

Não são sequer avaliáveis.

Continua a sonhar.

quando o sonho se tornar realidade….

acordas e percebes

que precisas de outro.

é a roda-viva da evolução inconsciente

publicado por Gitano73 às 22:54
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Junho de 2011

Sonhos - Ensaio de quem não tem nada que fazer.

O sonho não é medido pelo tamanho do corpo

o sonhador não é medido pelo tamanho dos seus passos

o que ele leva consigo é diferente, completamente diferente

de tudo o que faz ou realiza.

Move-o a força da esperança e do objectivo último.

É passível de qualquer julgamento aquele sonho.

Aquele… aquele mesmo que só o sonhador vive acordado 

a recordar o que ainda não aconteceu

vezes e vezes sem conta.

o futuro já desenhado num projecto

parece que nunca mais acontece

nunca mais chega

nunca mais é

e todos nós

queremos que seja já

realmente não interessa a imensidão do sonhado

não interessa a realidade possível do imaginário

não importa nada.

Apenas queremos que se transforme esta realidade

onde o sonho não se torna real

ilusão não-representativa do querer

fomos ensinados a esperar que nos seja dado

seja o que for

e se..

o exigirmos!

a nós mesmos?

fica no ar… a exigência a par e passo com o sonho….

publicado por Gitano73 às 21:59
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Too close to heaven

. I've got spaces...

. ...

. I love all my sad songs

. Apetece-me....para 2017

. Past....future.....

. O Principezinho

. ...

. This is how you remind me...

. Back where I belong!

.arquivos

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds