Domingo, 28 de Junho de 2009

I wish I was perfect

 I wish I was perfect

So I could accept  it all without the pain

I wish I was perfect so I wouldn't judge people

I wish I was perfect so I wouldn't think the thiings I think about others

I wish I was perfect so I wouldn't be a dummy

I wish I was perfect so I wouldn't have to be sorry for girls who can't see.

I wish I was perfect so I wouldn't gather feelings for others who are no worthy

I wish I was perfect so I wouldnt make so many mistakes in my life

I wish I just could erase them all

even if it ment ....  not to grow

at least I wouldn't suffer.

I wish I didn't drink this much.

publicado por Gitano73 às 01:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Junho de 2009

Hay noches que se apagan cuando duermes

Por la noche un gitano baila solo en la calle.

Las estrellas son sus luces e una vieja guitarra canta sus lamentos

Su corazon se mezcla con los charquitos de dolores

pero en los adentros una vision le perdura por su alma

No va a bailar solo por la vida...

vete, vete... y pasalo bien pues...

Su gitana ...... vendra o ya se queda con el...

el sigue bailando.... y la vieja guitarra canta sus ganas y sus vivencias....

su lado de niño provocador.... sigue... con salero.

publicado por Gitano73 às 20:25
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

O Centro aka 1º Chakra

 

 

Salgas os olhos com águas dos nossos adentros

Banham-te a cara, felizes e inseguras..sem caminho próprio...as lágrimas

Amas-me e sonhas-me

Um dia de cada vez.

Deitas-te na insegurança das minhas crenças,

banhas-te no passado e nadas no presente

Sem cobertores de certezas

Passas o frio do momento

E suspiras...inspiras... expiras

sorris e choras

Tudo se torna uma mística explosão de um absoluto imaginário

a felicidade não se mede por normas banais, escritas e fundadas num manual qualquer

Tu sabes e não aceitas

Sentes-te uma turista no meu coração

Sentes que pode não ser assim. pode ser diferente

Basta querer. Basta ter fé. Basta apostar.

Eu sinto que sabes que eu sei que é um talvez grande e enorme

um talvez que perfuma os dias

um talvez que se sente à distancia

um talvez que talvez seja possível

o centro....esse procuro-o

entre mim e mim... está esguio e desliza

ele virá

com ele a calma e a harmonia 

publicado por Gitano73 às 01:46
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

O Chuveiro das Ilusões

Esta é a história de um menino que sonhava em ser feliz. Não é um conto particularmente especial ou com um final interessante.

Esta é uma história banal e cansativa acerca de uma incansável procura de uma alma gémea, prima ou mesmo ligeiramente familiar.

Nos olhos, este menino carregava o brilho e a força do seu sonho.

Encarava cada potencial candidata com uma inocência que já não se vê hoje em dia. Resoluto e decidido, continuava a busca.

As suas companhias eram algo cansativas e viciantes; o whisky e os cigarros.

Com eles e a escrita, ele criava mundos perfeitos, românticos e imaginários. Vivia-os intensamente em toda a sua intensidade, maravilha, dor e sensações que deles resultássem. Cada momento servia para anteceder o próximo e cada esgar, uma novidade espreitava.

Algumas vezes, o menino acreditou.

Algumas vezes, o menino amou.

Imensas vezes este menino banhou-se no chuveiro das ilusões.

Vestiu-se de conceitos e verdades escritas e passeou-se sob estrelas que brilhavam.

Uma noite o menino estacou.

Ergueu a sua bandeira, cujo símbolo é o amor e pediu um sinal.

Começou a chover.

O calor era imenso mas mesmo assim chovia...

O menino suava, meio com medo, meio apreensivo desse sinal.....

Então, como um relâmpago a rasgar a noite e as falsas verdades

O menino entendeu.

Entendeu que tudo o que procurava

era alguém

que soubésse a sua bandeira

E que usásse com o maior cuidado do mundo,

tal um cristal preciosíssimo e único no mundo,

a palavra

"Amo-te!"

O menino acompanhou a chuva e lavou-se por fora e por dentro

Levantou a cabeça e endireitou o tronco.

O seu objectivo era cada vez mais claro.

 

 

publicado por Gitano73 às 08:42
link do post | comentar | favorito

Stars, silly dreams and boulevards

 I have this car. Dark blue, noisy and old.

This car of mine has a heart problem... seems I'm always pouring water into it.

Some say water is emotion. Looks like the car is always crying when it runs.

I guess he's a lot like me.. when I start engaging my shifts....

This old diesel starts speeding up through the lane... and ends up loosing water. 

You know.... he runs on truth, simplicity and love.. it's really silly to feed such a stallion underneath the stars with silly dreams...

he just won't run far...

he'll run far away

publicado por Gitano73 às 06:26
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

You and me against the world.... we found out the hard way

Anouk  "Michel"


Hey Michel, how's life? are you ok?
I wonder if you ever think of me
It's been 9 years since that kiss
I can't help but reminisce
Hey Michel do you remember?

We walked the street to the beat
Hand in hand you and me
Smiling faces so in love
Hoping that they all could see
That we belonged together... you and me against the world
But we found out the hard way cause it wasn't meant to be

Now it's you and her I see

You were my first and worst love
And so it only could go wrong
But ain't that just the way you learn
Hey Michel I just wanted to let you know
That someone else has stolen my heart
And now another girl has caught your eye
That doesn't mean I don't think of you
I am just hoping she'll treat you right

Do you remember
How we walked the street to the beat
Hand in hand you and me
Smiling faces so in love
Hoping they all could see
That we belonged together you and me against the world
But we found out the hard way cause it wasn't meant to be

Now it is you and her I see

It was just a silly dream

publicado por Gitano73 às 21:48
link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Junho de 2009

As estrelas...

 "e as estrelas...que hoje eu descobri no seu olhar....

as estrelas...vão me guiar...."

 

Queria contá-las e dar-lhes nomes consoante as nuances das tuas curvas quando te despes para mim.

Cedo desisto da idéia. Poderia chocar algum dos leitores menos preparados para estas minhas "liberdades criativas". 

A luz não se apaga pois mesmo no escuro há um brilho que perdura.

O das estrelas.

Tu dizes-me que estão lá longe.

Eu insisto que estão dentro do quarto

Tu sorris vaidosa e dizes "que parvo" sem saber muito bem o que mais dizer.

Eu faço questão de te acompanhar no sorriso e desenho-te na pele coisas que são só minhas

Tu arrepias-te e agrada-me a maneira como o fazes.

Dentro do abraço, não convido mais ninguém, nem mesmo os meus fantasmas.

A noite é quente... ou era fria...não me lembro....

A furia é contida e o extase brilha como a estrela

E apetece-me perguntar-te outra vez "E agora? Acreditas?"

mas estás ocupada em sentir e eu não quero interromper..

pois sou parte integrante da mistura estranha que acaba em um só

Acho que chove lá fora

Ou é cá dentro?

Não sei....

vamos dormir....

 

publicado por Gitano73 às 20:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Too close to heaven

. I've got spaces...

. ...

. I love all my sad songs

. Apetece-me....para 2017

. Past....future.....

. O Principezinho

. ...

. This is how you remind me...

. Back where I belong!

.arquivos

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds