Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

No Fundo da Garrafa

No Fundo da Garrafa

19
Abr07

Conversas

Gitano73
- "Que fazes por aqui?"
- "Procuro uma Dulcinea"
- "Já a encontraste?"
-"Uma vez pensei que sim..mas enganei-me"
-"E que vais fazer?"
-"Vou continuar à procura, claro."
-"E se encontrares alguém que penses que é a tua Dulcinea e te enganares outra vez?
-"Terei mais dores para escrever neste blog."
16
Abr07

Nostalgia

Gitano73
Tanta gente...
Tantas histórias...
Memórias...
De amores idos, sofridos e carcomidos pela saudade
"Talvez não seja bem assim...."
"Talvez ela não era tão bela como a recordo..
mas a recordação é minha e faço dela o que quiser"
Tantos passados.....
igualados pelas banalidades do dia a dia
ultrapassados por afazeres constantes
Tantos sonhos gastos e roídos pelo tempo
Tantos castelos feitos de um barro de nada
Nunca sobreviveram às primeiras chuvas
Todos os meus desamores foram assim
Tanta gente...
Com uma vida indiferente
pelo menos para mim
Tantos futuros
Igualados apenas pelo desejo de serem felizes
Tantos cruzamentos de vidas
que de outra maneira seriam puramente perdidas
do momento em que se encontraram
Tantas faíscas que se quedaram
nas esquinas de um tempo que já não volta
12
Abr07

The lies I tell myself

Gitano73

Convenço-me que os teus olhos são um pouco mais verdes
Que aquele beijo era mais profundo do que realmente
um suave tocar de lábios, meio apressado, meio desinteressado
Identifico-me com as pequenas mentiras do dia a dia
Mesmo quando o cinzento nos puxa e as papoilas teimam em abrir
Acredito na minha eterna busca e não me canso de dizer a mim mesmo
Que provávelmente já te descobri
Não aceito a verdade que provavelmente és uma outra
e passaste por mim numa qualquer esquina e eu não soube o que dizer
Mas não podíamos ser tu e eu e ela.
Seria outra mentira, desta feita, muito mais real
Mas no meio de tantas pequenas mentiras,
jurei acreditar num "amo-te"
que se insinuou muito baixinho
num sussurro quase inaudível
..aquele que veio precisamente antes do
"já não sei viver sem ti."
Respiraste-me o sentido de equilíbrio
e eu, como sempre, cedi ao ímpeto de te agarrar
E tal como diz o Pedro Paixão...
"Nos teus braços morreríamos"

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D