Quinta-feira, 23 de Setembro de 2004

Counting Crows - Catapult

All of the sudden she disappears
just yesterday she was here
somebody tell me if I am sleeping
someone... should be with me here (cause I don't wanna be alone)

I wanna be the knife that cuts into my hand
and I... wanna be scattered from here in this catapult
What a big baby won't somebody save me please
You can't find nobody home

all of these quiet battered voices
just waiting... for the hunger to come
we got little revolvers and so stupid choices
and no one to say when we're done (Well I don't wanna bring you down)

I wanna be the light that just burns out your eyes
'cause I know there's little things about me
that would sing in the silence of so much rejection
in every connection I make
I can't find nobody home

I wanna be the last thing you hear when you're falling asleep....
publicado por Gitano73 às 22:52
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Setembro de 2004

Vozes

shhhh
calem-se todas as vozes silenciosas que oiço dentro da minha cabeça ao adormecer
calem-se todos que quero dar-te o ultimo som com que adormeces...
uma palavra que te embale..que te liberte a outro...ao sono.
Iniciei uma conversa...um diálogo... com ninguém.. o assunto nem interessa realmente..
tenho tanto para viver e tantas estúpidas escolhas...
venha o tempo e decida.. e seja homicida. Pelo menos comigo
Quebro-me sob a côr. Estou a ficar demente.
Olho imparcialidades indefenidas porque as aceito. Subjugo-me continuamente ao sonho.
Vivo numa prisão, numa visão. Nunca serei livre.
I'm just so fucked up as I can be...
publicado por Gitano73 às 21:54
link do post | comentar | favorito

(im)Perfeição

Estranho pensamentos meus que repousam no limbo da minha sanidade
Estranho também imagens que tenho de mim...em que me vejo sozinho e sem ti
onde sou livre e carente
onde sou um homem...meio nada...meio gente

desconheço a cara que me olha ao espelho
com total estupefacção aprendo a reler-me outra vez

ensino versos perdidos ao ar quando me barbeio
e canto canções esquecidas em esquinas estranhas onde não passo
no fundo nao me quero ler..nem ouvir....nem saber o que já sei
quero apenas beber o mundo de cada vez......de cada vez torná-lo uma novidade serena e colorida
mas que seja pintada de longe.....sem muita mestria..
porque a perfeição....cansa-me
publicado por Gitano73 às 21:28
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Setembro de 2004

...

thelooksepia_edited.jpg

Recebi a noticia que não queria...que nao esperava...que não advinhava..
Aprendi a crescer outra vez.
No meio dos parágrafos que ouvi, as exclamações sobrepuseram-se à mensagem
Não acredito no que ouvi. Não acredito no que li.
Estou a aprender a crescer outra vez.
Tudo muda, e mesmo assustado, luto por perdões que tardam e não se formam.
Fiz-me potência nuclear na tua vida e comi-te de dentro para fora
As desculpas ficaram caídas perto da cama.
O calor falou mais alto. Descuro o amor que sobra em nós. Sou culpado por isso.
Procuro-te na noite e o teu seio esquerdo encontra a minha mão direita.
Perfeitamente aninhados enfrentamos a noite e tudo o que ela traz consigo.... dos sonhos aos pesadelos.
Eu fiquei a sentir-te tu ficaste com um sabor a nada e a muito pouco.
Eu luto contra a metáfora do dar de menos. Eu luto por não saber entregar-me
Tu lutas pelo querer demais. Pelo querer o que te pertence. Por querer-me.
Eu não sei dar-me.
A conclusão é mais gelada que um banho de água fria.
Não sei dar-me.
Mas aceitas-me mesmo assim.
E custa-me. Custa-me saber que o teu prémio seja o sorriso que apanhas no meio de uma conversa, de uma anedota, de uma palhaçada minha....do que fôr....
Custa-me mas é assim. É assim que vivemos.
O teu sofrimento e a minha... quase felicidade...
O amor manteve-nos juntos. E a simplicidade do teu sentir também.
Agora.. veremos se seremos ponto e fim.
publicado por Gitano73 às 22:01
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Too close to heaven

. I've got spaces...

. ...

. I love all my sad songs

. Apetece-me....para 2017

. Past....future.....

. O Principezinho

. ...

. This is how you remind me...

. Back where I belong!

.arquivos

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds