Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

No Fundo da Garrafa

No Fundo da Garrafa

01
Jan19

2019

Gitano73

E o ano novo chegou...
com ele uma data de merdas prontas para acontecerem
e eu
fico com os restos das garrafas
que, depois de as beber...
fica demasiado pouco para poder dar-me uma coragem extra
uma força
para que vá visitar outras irrealidades
não sei se é cobardia, coragem ou apenas destino
mas o certo é que a quantidade é sempre certa para desistir
Talvez me sinta cansado, talvez desanimado
talvez tudo e nada
Exausto e não inspirado
todos nós se identificam com isso
só preciso de um bom bico para melhorar
mas infelizmente o psiquiatra deu-me umas merdas de medicamentos, que nem isso posso usufruir
Estou a pensar em entrar para o crime
assalto uns velhos e depois convido-os para almoçar
não o tenho dentro de mim, sou demasiado totó
prefiro assaltar-lhes o jantar e pagar por isso
sou burro
Alex no país das garrafas maravilhas era o meu novo livro a sair
se eu tivésse algo em condições para dizer
a minha voz é rasca com predicções de mau tempo para os próximos anos
e os que ouvem não escutam, os que lêm nem entendem
os especiais, sentem.
Como se escreve um memorial?
"Aqui descansa um idiota"
"Mais um parvo"
"Repousa um estadista da casa de outros"
que merda
quem quer ser recordado morto?
Fumar e beber fazem mal
fodam-se todos. Estou a escrever isto under the influence
e o cinzeiro escondeu-se, que se foda. Vai para a janela.

07
Dez18

Quase algo...

Gitano73

Sugestão musical

Já tocaram à porta quando alguém não está em casa
Já alguma vez receberam uma carta de volta a dizer.... já não mora aqui
Quantas vezes fazemos algo com finais incertos?
Hoje bati à porta da minha cabeça e o meu cérerbro tinha saído
Enviei mensagens com dados como o meu nome, idade e sexo mas esqueci-me
Não estou a brincar, fui ao hospital de cascais (spit) com dois propósitos
Evitar que o beto do meu psiquiatra me enrabe e trazer o relatório de psiquiatria para a junta médica.
Consegui sair virgem mas não me lembrei do relatório
Estou todo queimado e sei disso
"O episódio da bebida já está ultrapassado?"
"Sim Dr, já não minto assim desde a pré-escola"
burro
Atenção, o burro sou eu, mas sou tão convincente que merecia um óscar de maior merdas do mundo
A culpa de tudo o que faço, fiz ou não fiz é uma confortável gonorreia que transporto
Ele deu-me uma merda qualquer para uma doença que agora não me lembro devido à garrafa que seca depressa
já sei.... é parecido com demencia ou isso
Mais um cigarro que morre, todos dormem, até o cão...esse tinhoso que só me ama se eu lhe der presunto ou festas
O euromilhões teima em chegar, adio a felicidade para esse dia
e perco a vida nesse processo
"I come undone"
Ela mesmo já não sabe como me ajudar
tenta tudo e faz-me chegar às lágrimas por isso
tem sido das poucas a ter resultados positivos
tanto trabalho pela frente....
"Because i'm scumm and i'm your son, i come undone"

06
Dez18

A mística dos idos

Gitano73

Sugestão musical.

Qual de nós não tem alguém que já se foi e sente essa falta com os olhos e apertos de peito?
Acho que todos. O conforto anunciado por todas as religiões não apazigua absolutamente nada.
As avós, irmãos e outros que partiram, em vez de vivências e memórias, deixam-nos com vazios
e lugares onde não os encontramos ao abrir porta de quartos.
O cão quer festas e eu dou-lhe algumas. Ele sabe que algo não está bem, então deita-se ao meu lado.
Eu sei que ele sabe que algo não está bem e também sei que nunca mais irá estar.
Este feitiço que quem nos amou deixa no nosso íntimo tem sabor a despedida forçada.
Nunca sei se estou a ficar demente ou doido de todo e um dia me passo
Sei que se me passar, se eu quebrar, vou levar todos estes lugares de falta que me fazem
quem de mim saiu demasiado cedo. Também sei que vou deixar espaços desses aos que ficam...

Sou da opinião que os avós deviam morrer aos cento e duzentos anos e os irmãos também.

 

06
Dez18

Ser feliz

Gitano73

Sugestão musical


Todos os dias olho para videos e frases sobre a felicidade.
Procuro-a em todas as garrafas e até nas beatas.
Ela nunca me visitou, talvez pelo escuro que habita cá dentro
talvez pela cegueira que não me deixa ver quem me rodeia.
Não me entendam mal, sou um tipo alegre para quem comigo convive
e extremamente triste para mim que comigo sobrevivo.
Parece uma doença mas não é.
Chego a ficar com ciumes de quem consegue sorrir na rua ou parecer feliz.
Chego a pensar se sou doente mental ou apenas burro.
Talvez se não pensar tanto, talvez se não sentir tanto
estes discípulos da melancolia partem para outro coração.
Mas talvez outro não saiba cuidar deles e regá-los com más garrafas
Talvez seja melhor tratar eu deles pois até já me acostumei, não gostando
mas aceitando o destino que eu próprio criei.
Tenho a convicção que vou partir em breve, provavelmente com outro enfarte.
O que eu faço comigo todos os dias e noites não é normal e um dia
vou prestar contas
Só que os dias passam devagar demais e escuros demais
e essa meta não chega e eu não sei esperar. Também não sei se quero ficar.

17
Nov18

Uma Quinta no Alentejo

Gitano73


Dizem-me que sonho demais, eu acho que sonho como os demais
talvez tenha a capacidade de colorir os meus sonhos com tons de "vai acontecer"
Penso demasiadas vezes no que falta entre mim e a felicidade
talvez seja um Porsche ou uma vivenda na quinta da marinha
eu, cá acho que é um cantinho certo no coração de alguém e
uma quintinha pequena no centro de um interior esquecido
Sou louco segundo o Matias Damásio mas partilho esta loucura de um cantinho no sítio certo
com quem é certa para mim.
Vou acabar por levar a minha avante, como sempre, e criar mais um paraíso...
Ela acha que não, eu não me importo muito porque sei que com trabalho qualquer sítio se torna um ninho.
E vou sorrir em cada refeição...

Para ouvir

09
Nov18

Lições

Gitano73

 

Algumas das melhores lições e aprendizados que recebemos na nossa vida
são momentos e actos dos mais simples que possamos pensar.
-"Estás bem?"
-"Como te sentes?"
-"Estás a chorar porquê?"
E todos os bons dias, boas noites, passar de roupas e cozinhar.
Não é possível quantificar a entrega que alguém nos dá.
É uma ciência inexacta e toda e qualquer tese sobre isso seria chumbada sob o peso de uma exagerada presunção.
No entanto um sorriso constante e salpicado com doses de bondade nas várias esquinas das horas
compensam e são a melhor maneira de lidar com o nosso par
Nos dias que correm, acho que encontrei uma maneira mais ou menos equilibrada
de viver no fundo da garrafa e conseguir enfrentar a minha realidade mais ou menos assombrada por
passados, presentes esotéricos, culpas, desejos e insanidade parcial ou total, já nem sei.
Tem-me bastado acreditar todos os dias em mim e em todos os que amo.
Já me deixei de fazer projectos herculeos, um dia de cada vez basta-me.
O meu mantra passou a ser "Obrigado."
todas as noites agradecer.
A ela e a todos vocês....estamos todos juntos nisto que se chama vida.


PS: Os meus projectos ainda incluem um pão de forma e uma quintinha no alentejo :)

 

Sugestão musical

11
Abr18

Too close to heaven

Gitano73

heart_attack.jpg

 

So, it seems that the reckless old kid went through a heart attack and after a week at the local hospital some thoughts come to mind... and others just don't.

Saw many ceilings during this "episode" and I wasn't even on my honeymoon.... weird..

White ninjas talked to me saying rubbish things like "smoking bla bla" or "drinking" whatever... Why can't these people leave me alone. Fucking smurfs. 

So, now I'm at home, and while smoking a cigarette and listening to a very intense song I decided to write some words.. I don't even know what for... Guess I just need to do it.

The fucking smurfs said I was close to heaven, but like the song say... all my troubles ain't over and didn't even saw those "blue skies bursting right through the rain...". I wasn't afraid or sorry. Just though, "well this is annoying because it's hurting my chest and not in the usual ways I get hurt". I honestly almost wanted to leave... but the dreams told me this was going to happen and I wasn't going to be allowed this time to go there, where the love surrounds me and Harrison waits for me with the Sun in his guitar.

It's been a week. And I just don't understand what the fuck was this for. Can't drink. Seems that I wake up to something locals call "real life" and this is no place for a dreamer like me.

Scotch took me to a place rather close to heaven and now I have to face this daily shit. 

Smurfs with diplomas couldn't understand me.

-"You mister, are so lucky"

-"Why?"

-"Don't be silly, you survived and with no sequels"

-"Oh that..."

-"Do you understand what happened?"

-"Yes, I am now a 'patient' in this game called life"

What is the fucking meaning of life?

I saw elder people in beds, aching and dying. I saw young people shouting and moaning with pain. I saw middle aged individuals like me crying for themselves and saying they have kids and family. And I was there lost, for I couldn't understand their pain.

I'm a wreck and I've been that way for as long as i can remember. All my life I allways looked up for others and it was the first time I couldn't be there if something happened. This time I wasn't worried about that.

All I want is a small house with a farm, a record player and keeping it simple in the middle of nowhere.

All I want is to understand why do i have to work as i do, for the days are all the same and the nights are not fun anymore. I can't travel.

Guess I'm just tired of the game. 

They've put something inside my heart, a ring or whatever, and the smurf said "This is in a very bad condition..." no news...no news... you went to medical school for that?

When will I get to heaven?

and I regreat nothing!

 

 

25
Mai17

...

Gitano73

0.jpg

Somethings sleep inside of ones chest...
little deamons, little beasts
They stood tamed for so long
but, you know, sometimes they just crawl from the inside out
and the outcome is a very old and forgotten anger that rises all of the sudden
I guess I'm dued to explode soon
I guess I'm sick of all of everydays and tomorrows that are the same as the old yesterdays
Can't tell if I actually have feelings or just illusions
one after the other
Like the Joker, something must be very twisted in me
I guess I found it, it's this disconnection towards everything
Once in a blue moon I had a dream
Back then I was expecting the sun
Nowdays, I don't expect much
I sit and drink
I sit and think
about all of the what ifs
Listening to the Waterboys and wondering about how many times I've been too close to heaven.

 

"I've got spaces way down deep inside of me
That are just the same as you"

16
Jan17

I love all my sad songs

Gitano73

Sugestão para ouvir

 

O meu coraçãozinho de homem crescido

já não sabe muito bem como se refazer

e fala com o principezinho coisas de encantar

e histórias de enganar

Fantasias onde ele finge que não doeu nada

E sorri e diz adeus outra vez

Mas quando todos estão a olhar para o outro lado....

ele sorri na mesma, funga e continua a errar...

Até quando, não sei, mas parece que é até sempre

...a manga da camisa está toda suja....

o meu coraçãozinho de crescido está cansado

das repetições com fados tristes e enfadonhos

de passados que teimam em não sair de mim

Para que o caminho seja mais fácil, é sempre melhor libertar...

e talvez orar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D